Psicólogo do Creas dá esclarecimentos sobre andarilha em CFormoso

Moradores de Campo Formoso (BA) estão preocupados com a presença de uma andarilha que circula e dorme há mais de duas semanas no centro comercial da cidade. Em redes sociais, muitos chegam a afirmar que a mulher poderia estar ligada a criminosos.

Em entrevista ao jornal 98 Notícias deste sábado (15), o psicólogo do Creas e do Caps, Roberto Pereira, afirmou que a mulher tem problemas mentais e não oferece nenhum tipo de risco. Segundo o profissional, o nome dela é Paola, não possui documentos e saiu de Recife (PE). Além disso, ela já recebe assistência das instituições de saúde do município.

O psicólogo Roberto disse também que Paola rejeitou abrigo, dorme na calçada de estabelecimentos comerciais e possui comportamento rude. O profissional desmentiu o boato de que a jovem costuma usar recursos como cartões de créditos. O Creas está tentando localizar parentes da mulher.

O comando da 54ªCIPM também se pronunciou sobre o caso por meio de nota, informando que uma equipe do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO) havia mantido contato com a mulher e a acompanhou até ao CAPS da cidade.

 

 

 

Confira no áudio:


Foto: rede social

Redação do site da 98 FM de CFormoso