Homem morre ao extrair pedras em serra de Campo Formoso

A exploração proibida de pedras usadas na construção de imóveis levou a óbito nesta terça-feira (22) um homem de 58 anos. O acidente aconteceu na Serra da Mangabeira, próximo ao bairro Alto do Cruzeiro em Campo Formoso (BA) por volta das 9h. A vítima teve fraturas nas pernas e hemorragia interna.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros de Senhor do Bonfim (BA), Gilson Lima Gomes tentava retirar uma pedra e logo em seguida outra caiu sobre ele. A vítima foi socorrida pelo Samu e levada ao hospital São Francisco, mas não resistiu e faleceu ao ser transferida para um hospital do Vale do São Francisco hoje à tarde.

O cabo Jackson do Corpo de Bombeiros disse em entrevista ao Jornal 98 Notícias que o homem não usava equipamento de proteção (EPI). “No momento não tinha nenhum equipamento de segurança. (...) A gente precisa pensar primeiro na segurança individual para poder executar certos serviços”, afirmou.

Dona Maristela, esposa de Gilson, afirmou à reportagem da 98 FM que ele trabalha como autônomo. “O material que ele tirava vendia para ele mesmo”. Eu dizia: ‘Gilson, sai deste trabalho’, mas ele não parava. Há mais de 30 anos ele trabalhava aqui”, disse.

Segundo trabalhadores, apesar de irregular, o local é uma fonte de sobrevivência. Alguns chegam a faturar R$ 100 em cada carrada.

O representante da secretaria de meio ambiente de Campo Formoso (BA), Geovane Martins, disse que os exploradores das rochas já haviam sido notificados sobre o risco. “É uma situação irregular. Já foi alertado o pessoal que trabalha aqui. Estive semana passada e pedi. Avisei a esse cidadão, dizendo que ele estava proibido de continuar trabalhando. (...) É uma área de preservação permanente”, afirmou.

 

Foto: Sérgio Sátiro

Confira no áudio:


Redação do site da 98 FM

 

Mobile Porn Videos